RSS

Brooklyn Coffee Shop – Brooklyn Burger

13 Fev

Se você mora em Curitiba e fuma crack, tem tatuagem do Día de los Muertos, Ray-Ban Warefarer, uma Diana F+ ou gosta de escutar o péssimo e novo indie rock (oposto do bom e velho rock n’ roll), provavelmente já perambulou pelas searas do São Francisco, o bairro bas-fond alternativo da cidade. Ali pertinho do Shopping Müeller, na rua do Wonka, do Peppers, do Kubrick (que Deus o tenha) e do Blues Velvet, a Trajano Reis, há um café muito do simpático que fica aberto até de noite: O Brooklyn Coffee Shop.

A criação do lugar foi inspirada nos coffee shops norte-americanos, por isso não adianta tentar pedir um “space cake” ou um “chá especial” porque não tem nada a ver com o conceito de coffee shop de Amsterdã — muito embora o brownie caseiro deles te deixe doidão de sacarose e deleite.

E obviamente o American Way of Life não dispensa um bom e famigerado hamburguer grosseiro. Está lá, entre o variado cardápio do recinto, o Brooklyn Burger, um Montesquieu em forma de pão com carne. Ei-lo:

Para melhor visualização de seu conteúdo visceral, dispensamos o alface, o tomate e o picles que acompanham esse colosso pantagruélico, mas nunca as fritas belgas, indissociáveis e indispensáveis para complementar a experiência, como cinema e pipoca, Tchaikovsky e canhões, carnaval e herpes, natal e aporrinhação, Passeio Público e assalto, Los Hermanos e Ana Júlia, Ana Júlia e Los Hermanos. Colocamos então um filtro estiloso para esconder a péssima qualidade de fotinha de celular e voilá. Aqui no Goodburger não existe foto de divulgação, a gente mostra o hamburguer como ele vem ao mundo: sujo, gorduroso e sem maquiagem. Keep it real, yo.

Pois bem, vamos ao dito-cujo: o Brooklyn Burger, como vocês podem ver, é coberto por um pão de hamburguer old school, pra mostrar que o chef joga o 4-3-3, sem inovar na forma, no volume ou no gergelim. Um pão clássico incorporado pela cultura americana que não curte muito o conceito de pão francês. Para esses caras, o pão deve ser macio, redondo, com miolo seco, coberto com gergelim e dourado na crosta. Por essa razão também não inventam na hora de usar o queijo: a boa e velha mozzarella italiana que confere à invenção de origem germânica o toque cosmopolita que uma região de refugos da Europa como o bairro do Brooklyn pode proporcionar. O encontro dos mundos se dá melhor nas comidas do que nas guerras, a julgar pelo resultado das campanhas dos países na década de 40.

Agora, o que não se justifica aí é esse presunto. Não se faz uma coisa dessas com um bom hamburger. O presunto é um fiambre menor, para ser comido em tábuas de queijos, tem um valor gastronômico infinitamente inferior à carne de hamburguer, embora partilhe de sua origem humilde, afinal ele é feito de carne de segunda moída. O presunto no hamburguer é uma invenção dos pés-sujos, que usam a carne fina para segurar o queijo na chapa, sem que a mozzarella se esparrame e vire uma gosma impossível de se recolher e confira mais igualdade à salada em espessura e umidade. Se alguém quiser comer presunto no pão, pede um misto-quente e sai pra lá com essa mania de boteco.

No geral, o Brooklyn Burger é um hamburguer um tanto salgado. Salgado principalmente pela carne e pela mozzarella. Mas, seguindo a máxima do iluminista supracitado, que temperava seus escritos com sal ao invés de vinagre, o resultado é aprazível. A carne consegue se manter com sucos suficientes e ser mal-passada o bastante para que o freguês não coma boi ralado puro e seco. É também uma refeição magnânima, para encher o bucho até de um gigante de Rabelais, de um Obelix na larica, de uma Magali com lombriga. É um hamburguer grande pra c*****, resumindo.

Ficha técnica:

Brooklyn Burger

Ingredientes: pão, carne, queijo, presunto, alface, tomate, picles e maionese.

Preço: R$16 reais (R$18 com fritas)

Ponto alto: hamburguer oldschool, brutal e salgado.

Ponto baixo: presunto e pão um pouco seco. Qual que é, né?

Avaliação: B-

O Brooklyn Coffee Shop fica na Rua Trajano Reis, 389, no São Francisco. Curitiba-PR. (41) 3618-0388

 
Deixe o seu comentário

Publicado por em 02/13/2012 em Uncategorized

 

Etiquetas: , , , , , , , , , ,

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: