RSS

JPL Burgers – Super Series

14 Fev

A bola (de carne) da vez é o hambúrguer do JPL, aquele bar pequeno na esquina da Presidente Taunay com a Vicente Machado.  Aquela região (de)bacana da cidade com diversos bares, baladas e afins, para os diferentes bolsos, gostos e preferências sexuais.
O lugar já é bem conhecido pelo povo jovem/moderno e classe média da cidade. Mas era minha primeira vez no recinto, ainda estava claro, horário de verão, duas garotas tomavam seus bons (e bonitos) drinks na mesa do lado de fora enquanto pedíamos o motivo de nossa visita, a minha cota de de prazer (ou de porcaria, como diz minha mãe) semanal.
Sou daqueles criados com restrições alimentares e orçamentárias. Já que não era (e não é) todo dia, fazer um lanche ou comer fora era (é) sempre o momento de satisfação.

A pedida foi o “Super Series” e uma coca-cola com muito gelo, gelo proporcional ao calor que fazia.

No Cardápio:

200g de hambúrguer suculento – confere! 😉

Fatias de tomate – confere!

Queijo Mussarella – confere

Alface – confere!

Maionese com gergelim torrado – confere!

Batatas fritas crocantes – confere!

Agilidade na cozinha (era cedo, poucas pessoas no recinto, acho que facilitou), foi só o tempo de ir lavar as mãos, trocar uma ideia, fazer um checkin no foursquare, e lá estava o sandwich!



A primeira impressão é boa, com direito a uma firula decoração com molho barbecue junto das batatas fritas, e um potinho de molho barbecue extra, a foto não faz jus, a fome era maior que a vontade de fazer uma foto boa.

Dispensado o molho barbecue,  atacamos de garfo e faca por preguiça de sujar a cara toda de maionese. Aliás, tai um condimento diferenciado, temperado com gergelim torrado, não tem gosto forte de gergelim, (se ficasse eu saberia, não curto muito gergelim) e fica diferente da Hellmann’s que você come em casa.

Quase faço a mise en place do prato, separando por partes (embora eu seja um tiozão não vou fazer a piadinha do Jack,o estripador, de ir por partes).

O pão é aquele bem tradicional que se encontra em quase toda lanchonete, daqueles que devem vir em sacos grandes com quatro colunas e cinco fileiras, grudados uns nos outros.
Começando pela salada, aprendi quando era pequeno que tinha que comer a salada para ganhar a sobremesa, é aquilo né, você come porque faz bem e não porque é gostoso, então da-lhe pegar um pedaço de tomate e uma folha de alface com umas batatas para parecer palatavelmente mais agradável.

E aí já está o ponto negativo, muito alface, parecia não acabar mais. Se bem que são 200g de carne, a quantidade descomunal de alface poderia ajudar na digestão… Aham, sei!  Alface é malandragem para o sanduba ficar volumoso, parecer grande, alto, bonito, forte e sensual.  No me gusta!

Agora sim a “sobremesa”. 200g do pecado da carne temperada, moída e compactada em forma de disco de hockey. Suculento, molhadinho, carnoso, rosadinho por dentro, e no ponto conforme o pedido. Coberto por queijo e sem presunto, coberto mesmo, o queijo estava abraçando a carne como um polvo abraça um caranguejo na hora do almoço, uma quantidade de queijo boa, mas poderia ter mais (sempre poderia ter mais!).

Finalizo o hambúrguer, queijo e pão com um mata leão, parto para as últimas fritas que não são em vão. Satisfeito, pago no cartão, nóis não é patrão. Chego em casa e não preciso comer mais nada, só no outro dia, na próxima hamburgueria, na nossa próxima parada, que não sei qual vai ser, mas no Good Buguer você vai ver os melhores lugares dessa cidade para comer!
Sacaram as rimas? To na vibe das batalhas de improviso do rap, te cuida Emicida!

Resumindo, o JPL leva um joinha de Like, ganha do Brooklin e emplaca o segundo post do blog com um B +.

Alguns detalhes foram suprimidos porque já tem alguns dias que fomos lá, e tenho memória curta. Sorry buddy, see ya!

Ficha técnica:

JPL Burgers

Ingredientes: hambúrguer (200g), fatias de tomate, queijo mussarella, alface, maionese com gergelim torrado e batatas fritas.

Preço: R$18,90 (poderia ser uns 17,00 mas vale.)

Ponto alto: hambúrguer gordo(não de gordura), bom tempero, no ponto.

Ponto baixo: Os nutricionistas discordariam, mas o alface, um pouco mais do que o necessário para se enganar achando que está comendo algo não tão maléfico à saúde.

Avaliação: B +

O JPL Burgers fica na Av. Vicente Machado, 833, no Batel. Curitiba – PR. (41) 3024-2910

 
Deixe o seu comentário

Publicado por em 02/14/2012 em Uncategorized

 

Etiquetas: , , , , ,

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: