RSS

Clube do Malte – Johnny Bravo

22 Nov

Para quem não ficou sabendo, essa semana participamos do programa Light News, na rádio Transamérica Light (FM 95.1). O tema da semana (que ainda está rolando) é “Você tem fome de que?”. Por isso fomos chamados para falar junto com o Junior Durski, do Madero, sobre o blog e a nossa jornada pela cidade em busca do hambúrguer perfeito.
Logo colocamos aqui o áudio da entrevista para quem quiser nos ouvir falando abobrinhas, se bem que não fomos bem nós que falamos umas abobrinhas.

Agora o post da semana!

Apesar de ser jovem e estúpido, tenho uma relutância quanto ao consumo de álcool, mas isso (felizmente) não me impediu de ir a um lugar onde sua razão de ser é a cerveja. Assim como fomos ao Motodax e não temos motos, e lá até fundamos os Pinhões do Asfalto.
Sendo assim podemos fazer o que quisermos desde que mantenhamos a dignidade em dia… coisa que alguns, quando bebem, não sabem muito como é.

O Clube do Malte é um lugar especializado em cerva, bera,breja, gelada, etc. Lá você vai encontrar uma caralhada de opções de “cervejas especiais”. Cervejas de todos os lugares para todos os gostos e bolsos. Acho que um lugar desses deve servir para separar a garotada que bebe para ficar ainda mais idiota, das pessoas que bebem em busca de sabores diferenciados e que trocam a quantidade pela qualidade…e também para reunir uns malas “entendidos” no assunto do malte, do lúpulo e afins.

Mas vender cerveja é fácil, tirando cerveja caseira das tiazinhas polacas do interior, o resto é quase tudo industrializado e a maioria importada, ou seja, já vem tudo pronto é só servir e faturar. Mas hambúrguer, mermão, tem que colocar a mão na massa, não é tão fácil assim, embora um hambúrguer seja uma coisa muito simples.
E nessa os caras do Clube do Malte foram corajosos e inovadores. Não tem sanduba simples, não tem nem uma versão do clássico X-Salada. Tem hambúrguer de linguiça Bizinelli, de carne suína, de costela bovina com bacon, de proteína de soja e verduras, de frango, e o (WTF!) hambúrguer de feijão amendoim processado com carne moída e temperos mexicanos. Sentiram a pressão da inovação?

Os sanduíches tem nomes de desenhos animados, achei meio fora do contexto e meio bobo isso, mas sei lá né, vai ver o cara quis agradar o filho.

Tem um lance que envolve essa onda de cervejeiros e hamburgueiros que, quando se juntam, me da uns três tipos de ódio. Não aguento alguém falar de cerveja para harmonizar com o prato tal. Na boa, enfia a harmonia no… gargalo!
Mas para não reclamarem que fazemos o serviço pela metade, para acompanhar o sanduíche com carne de carneiro, pegue uma tipo Fullers Pale Ale, a London Pride ou uma australiana com um amargor equilibrado, porém encorpado, tipo uma das Coopers Vintage Ale. #FicaDica. Viram como é mala esse papo de entendido no assunto?

Agora, com vocês, Johnny Bravo. (viram como fica tosco o nome de desenho).

Meio desmontado né, olha o cuidado na apresentação aí galera!
Mas foi só realocar a capa e ficou tudo certo.

Vou direto falar do principal. A carne de carneiro. Confesso que agora entendi a diferença de cordeiro e carneiro, e digo que prefiro o cordeiro. Engraçado como o carneiro tem mesmo um gosto mais maturado, assim como o próprio bicho, um gosto mais acentuado, não tanto aquele gosto adocicado e jovial como o cordeirinho que saltita pelo campo (“os vegan chora”). Em suma, acho cordeiro mais saboroso, mas carneiro tem seu charme e talvez combine mais com cerveja mesmo. Isso mostra que a escolha do cheff foi realmente pensada. Tiro o chapéu.
É uma baita porção de carne com dois dedos de altura que por ser tão grande e para deixar no ponto, por fora ficou uma crostinha gostosa quase querendo queimar, e por dentro uma carne rosada, macia e no ponto.
E assim como o grande quantidade de carne, tinha uma boa quantidade de queijo mussarela, não ficaram regulando como na maioria dos lugares, o queijo abundante cobrindo a carne fez colar a parte de cima do pão na carne e assim manteve tudo junto e unificado, facilitando na hora de comer, não foi aquela história do pão que escorrega e acaba antes do recheio.

E por falar no pão, é uma bolinha gordinha do tipo francês, mas não com casca quebradiça. É coberto com uma camada de farinha, tipo um pão ciabatta, que particularmente me incomoda na hora de segurar, fica meio seco, uma textura áspera e ruim … mas isso eu sei que é frescura minha.

Tudo isso é acompanhado de um potinho com molho de hortelã, bem gostoso, que além da hortelã, chuto suco de limão e maionese na composição. É o tipo de coisa que combina bem, alecrim com cordeiro, hortelã com carneiro, essas carnes combinam muito com algumas ervas.

E o segundo complemento: pedi para trocar os anéis de cebola empanados por batatas. E que alegria, desde o começo do blog estou procurando um lugar que tenha batata frita assim, de verdade.
São as chamadas batatas rústicas, batatas pré cozidas, cortadas em pedaços grandes e fritas com casca e tudo.
Isso é batata de verdade, nada daquilo industrializado e meio sem graça que tomou conta de quase todos os lugares. Fica com o interior macio da batata cozida, e com a casca morena, por fora poderia estar um pouco mais crocante e menos gordurosa, mas tá valendo, estava bem boa. Devia ter até mais de uma batata inteira como acompanhamento. Isso realmente me deixou feliz.

Ficha técnica:

Johnny Bravo

Ingredientes: “Hamburger de carnes selecionadas de carneiro, temperados a moda do Clube do Malte e servida com molho especial de hortelã e queijo mussarela argentino. Acompanha anéis de cebola empanados”.

Preço: R$18,90 (preço único para qualquer hambúrguer, isso é legal)+ coca-cola lata ficou R$23,98

Ponto alto: A carne, quantidade de queijo, as batatas de verdade! Quase tudo na verdade..

Ponto baixo: Talvez o sanduíche ter vindo meio escangalhado e o preço.

Avaliação: B+

O Clube do Malte fica na Rua Desembargador Motta,2200, próximo da Vicente Machado. (41) 3014-3414.

 
Deixe o seu comentário

Publicado por em 11/22/2012 em Uncategorized

 

Etiquetas: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: